segunda-feira, 5 de abril de 2010

Ciclovia Rio Pinheiros ganha acesso junto à estação Jurubatuba

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO - 01/04/2010 10:43 - CPTM
A CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] irá liberar a passagem de ciclistas pela passarela interna da estação Jurubatuba para acessar a Ciclovia Rio Pinheiros, a partir desta quinta-feira [dia 1º]. A readequação da passarela interna permitirá que os ciclistas passem pela estação sem a necessidade de pagar a tarifa. Essa passagem será utilizada provisoriamente enquanto a passarela superior, que ligará a estação à ciclovia pela área externa, não fica pronta. A previsão é que essa nova passarela superior seja entregue até o final do ano.

O novo acesso fica a 3,5 quilômetros de distância da entrada da Ciclovia pela avenida Miguel Yunes e a 9,5 quilômetros da última entrada, na estação Vila Olímpia. Este é o terceiro acesso para a Ciclovia, que foi inaugurada no fim de fevereiro deste ano. Outra adaptação para permitir o acesso de ciclistas à ciclovia será na Estação Santo Amaro da CPTM. A exemplo de Jurubatuba, serão feitas adequações para permitir o acesso dos ciclistas sem o pagamento da tarifa, como a implantação de uma rampa ligando a estação à ciclovia. A entrega do novo acesso está prevista para o segundo semestre.

Uma quinta entrada para a Ciclovia será construída em parceria com a TV Globo São Paulo. A passarela TV Globo, como será denominada, ficará entre a Ponte Estaiada e a avenida Morumbi, a 300 metros de distância de cada ponto. Com ela, o percurso entre Vila Olímpia e a região da avenida Morumbi ficará a cerca de 2,5 quilômetros de distância. Já entre o começo da pista, na avenida Miguel Yunes, e a nova passarela, ficará a 11,5 quilômetros. A CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] dará apoio técnico na elaboração do projeto e implantação da obra.

Sobre a ciclovia: 

A ciclovia Rio Pinheiros foi inaugurada em fevereiro de 2010. Implantada ao longo de 14 quilômetros da Linha 9-Esmeralda [Osasco-Grajaú], a pista liga a avenida Miguel Yunes [nas proximidades da estação Autódromo] à Vila Olímpia.

A ciclovia conta com um estacionamento para 48 automóveis na entrada pela avenida Miguel Yunes, para os ciclistas que forem até o local de carro. Também dispõe de dois Pontos de Apoio ao Ciclista no acesso sul, próximo à estação Jurubatuba, e no acesso da estação Vila Olímpia. Os "Pontos" contam com banheiros, ambulatório e espaços para troca de pneus e manutenção das bikes. Há também um ponto de descanso próximo à estação Santo Amaro, que conta com banheiros químicos e bancada para reparo de bicicletas.

A CPTM trabalha no projeto de ampliação da ciclovia que, a partir do segundo semestre, terá mais seis quilômetros entre as estações Vila Olímpia e Villa-Lobos/Jaguaré, totalizando 20 quilômetros de extensão. O novo trecho terá três passarelas: uma na estação Cidade Jardim, com acesso ao Parque do Povo, e as outras duas nas estações Cidade Universitária e Villa-Lobos/Jaguaré.

Nenhum comentário:

Postar um comentário